SOLUTION 01 / Environmental Load Reducing

Mais potência com menos emissão, o motor marítimo usa uma combinação de diesel e gás.

Departamento de Gerenciamento de Produtos de Força de Grande Porte, Segmentos de Soluções de Energia
Do ponto de vista da proteção ambiental global, os regulamentos de emissão têm sido mais rígidos no mundo marinho e a redução de poluentes ambientais como NOx e SOx se tornou um desafio. Para reduzir os impactos ambientais, a Yanmar desenvolveu um motor bicombustível que pode alternar entre diesel e gás natural (GNL). A instalação de motores Dual Fuel em rebocadores e outros está aumentando.

ISSUE

Motores que consideram o impacto no meio ambiente e operam com alta eficiência econômica

As grandes embarcações que operam nos mares de todo o mundo estão equipadas com motores de alta potência. No entanto, precisamos lidar com o fato de que estes grandes motores emitem poluentes atmosféricos. Nos últimos anos, o uso do gás natural tem atraído a atenção. O gás natural liquefeito (GNL) é ecologicamente correto e pode reduzir os gases do efeito estufa. Portanto, a Yanmar começou a desenvolver o motor bicombustível flex que pode usar tanto o GNL quanto o diesel explorando as vantagens desta compatibilidade ecológica. Definimos uma meta alta de desenvolver um novo motor em conformidade com os regulamentos NOx (IMO3) e SOx da Organização Marítima Internacional (IMO) Tier 3 para todas as áreas marítimas com base em um modelo confiável que agregue valor no ciclo de vida do cliente (Life Cycle Value - LCV).

Em vigor desde 1º de janeiro de 2016, o regulamento Tier 3 (IMO3) é o padrão que a IMO exige para controle de emissão de NOx. O IMO3 é aplicado dentro de uma área marítima denominada Área de Controle de Emissão de NOx (N-ECA) para regular as emissões 80% mais baixas do que o regulamento primário, . As costas dos EUA e do Canadá, o Caribe dos EUA, o Mar do Norte e o Mar Báltico já foram regulamentados para o SOx, enquanto as costas dos EUA e do Canadá já foram regulamentadas para o NOx. O Mar do Norte e o Mar Báltico passaram a seguir a regulamentação a partir de 1 de janeiro de 2021.

SOLUTION

Navegação segura e estável com a tecnologia da Yanmar

A Yanmar desenvolveu o motor bicombustível que incorpora tecnologia de controle de fluxo de ar altamente precisa. Mantendo a condição ideal de combustão em todos os momentos, torna a operação mais confiável e estável ao usar gás e óleo diesel. Além disso, um sistema de controle exclusivo foi adotado para garantir a segurança durante a operação no mar. Multiplexando os dispositivos, alcançamos segurança que permitem uma navegação segura com apenas uma máquina por eixo. Além disso, é equipado com seu próprio controle de ar-combustível e possui sistema de detecção de detonação. Mesmo quando se utiliza como combustível o gás natural com baixo nível de metano, o que torna a combustão anormal preocupante, a pressão do cilindro é analisada em tempo real. Batidas e acidentes são evitados com o controle de alta velocidade. O motor Dual Fuel é compatível com gás natural de todo o mundo e pode ser operado sem restrições de potência. Durante a navegação, é possível alternar do modo diesel para o modo gás, mesmo com a potência máxima. Em caso de emergência, ele muda do modo a gás para o modo diesel com segurança e instantaneamente.

RESULT

Compatível com as rígidas regulamentações ambientais

O modelo 6EY26DF no modo gás, atingimos uma redução de aproximadamente 80% de NOx (óxido de nitrogênio), 25% de CO 2, 99% de SOx (óxido de enxofre) e PM (material particulado) em comparação com nosso modelo anterior da mesma classe de motor, 6EY26W. Atendendo ao padrão Tier3 mas, mantendo as suas vantagens e diferenciais como alta potência e eficiência de combustível, criamos uma tecnologia que se preocupa com as questões globais de redução de impactos ambientais e de flutuação dos preços dos combustíveis. A Yanmar tem impulsionado a evolução dos motores e continuará a desenvolver novas tecnologias para a próxima geração.

INTERVIEWInstalado em Ishin,
Conectando pessoas para ser a força motriz do projeto

O rebocador Ishin atua na segurança de grandes navios de carga que navegam na Baía de Osaka e no Mar Interior de Seto e faz o reboque da entrada e da saída do porto desde março de 2019. Ele está chamando a atenção como o primeiro rebocador no Japão a usar gás natural liquefeito como combustível e atende aos padrões do Código IGF (*). O motor bicombustível da Yanmar, 6EY26DF, está instalado como o motor de propulsão principal do "Ishin".

O motor de um rebocador pode ser colocado a prova devido as funções deste equipamento que, eventualmente, pode precisar empurrar ou puxar um navio com uma carga muito maior e mais pesada. Doui, a pessoa responsável pelos testes, analisa e conclui que “A Yanmar não tem histórico de produzir motores a gás para um produto marítimo e o modo a gás em geral tem vulnerabilidade a flutuações de carga. Sendo este o primeiro produto , senti que o projeto seria muito difícil. Nas reuniões com os parceiros , fomos questionados se não haveria nenhum empecilho em prosseguir e nos informaram que eles não poderiam usar o rebocador se não atendesse aos padrões. Mesmo com algumas palavras duras, trabalhamos juntos para atender às expectativas e continuamos resolvendo problemas'', diz Doi e o Sr. Kubo, gerente de design do sistema. Nishimura, que é responsável pelo design do motor, diz: "Avaliamos minuciosamente os aspectos de segurança para que a tripulação também pudesse usar o modo a gás com tranquilidade, assim como o meio ambiente".

No primeiro embarque, os membros da divisão de serviço e de desenvolvimento navegaram juntos no rebocador. Todos os sócios destacaram que o sentimento de unidade estava crescendo enquanto o barco entrava em forma, o que foi muito impressionante e animador. O projeto foi realizado com a parceria entre a Yanmar e o cliente.

* Código IGF: Código internacional de segurança para navios que usam gases ou outros combustíveis de baixo ponto de inflamação, emitido em 2017 para especificar requisitos de segurança.

* Afiliação em abril de 2020.